sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Wish It Were You – Capítulo 14

Demi Lovato narrando.
                Ainda de olhos fechados estendi o meu braço para encontrá-la. Mas ela não estava lá, os lençóis estavam frios. Abri os olhos e olhei pelo quarto. Será que eu estava sonhando? Enrolei-me no lençol e fui rumo à sala.
- Here is my dilemma. One half of me wants ya. And the other half wants to forget. My-My-My dilemma. – cantarolou (seu apelido). Eu conhecia essa música, era da Selena.
A voz vinha da cozinha, segui pra lá. Dei de cara com ela, cozinhando alguma coisa. (Seu apelido) estava vestida com a roupa do dia anterior. Seu cabelo estava preso em um coque, ela usava o anel e o colar da noite anterior. Sorri com a constatação. (Seu nome) estava com fones de ouvido, cantava e dançava ao ritmo da música. Aproximei-me dela, cuidadosamente.
- Você fica bem melhor sem roupa. – sussurrei, tirando um fone do seu ouvido, enquanto envolvia um dos meus braços na sua cintura. Ela se arrepiou e eu soltei um risinho.
- Ah, droga. – disse (seu nome), ficando de frente pra mim. – Eu queria levar o café da manhã na cama.
- Hm... Que namorada romântica essa que eu tenho. – disse. – Mas ela ainda não me deu bom dia ainda.
- Boa tarde, amor. - disse ela. Sorri bobamente, eu estava realmente apaixonada.
E em seguida, finalmente, ela selou nossos lábios em um beijo. Preciso dizer que só nos separamos por causa do maldito ar? Da falta dele. Deixei o lençol que trazia junto à mim cair no chão.
- De-Demi o lençol caiu. – disse ela, gaguejando. Ela tava nervosa.
- Eu sei. – disse, dando um sorriso. Ela mordeu o lábio inferior e virou-se para o fogão, desligando o mesmo.
- Você ta me provocando. – disse (seu apelido), virando-se pra mim novamente.
- Só um pouquinho. – admiti e ela sorriu.
                Puxei pra mim e a beijei novamente. Entrelacei as minhas pernas na sua cintura, e ela gemeu. Ela desceu os beijos para o meu pescoço, quando a falta de ar apareceu. Joguei a cabeça para trás pra que ela pudesse ter mais acesso. Ela saiu andando comigo em seu colo. Senti ela me colocar em uma área plana. Era um balcão.
- Demetria, vamos parar por aqui. – disse (seu nome).
- Você quer parar? – perguntei, mordiscando a sua orelha.
- A comida vai esfriar. – ela respondeu, com a respiração “pesada”.
- Amor, não tem problema. – disse, enquanto tirava a blusa dela.
(Seu nome) se afastou um pouco de mim, e me encarou sorrindo.
- Você é tão linda. – disse ela, de um jeito extremamente fofo. Sorri, e senti minhas bochechas corarem. – Você é maravilhosa.
                 A puxei pra mim e a abracei. Um abraço puro, o mais sincero que eu já havia tido. Quando me falaram que abraços valem mais que qualquer outra coisa, eu não entendi, mas agora eu entendo.
- Vou tomar um banho. – disse, e ela sorriu.
- Vou arrumar a mesa do café. – concordou ela.
                Peguei o lençol e fui para o banheiro. Olhei-me no espelho, estava com aquele sorriso enorme no rosto. Ela me fazia muito bem. Fiz minha higiene matinal. Sai do banheiro apenas de toalha. Vesti a roupa do dia anterior e voltei para a cozinha. (Seu nome) conversava com uma senhora em português.
- Demi, essa é a Gina. Ela cuida do apartamento. – disse (seu nome). – E ela não fala inglês.
Olhei para a senhora a minha frente e disse um “prazer em conhecê-la” que foi traduzido por (seu apelido). A senhora foi para a parte externa da casa em seguida.
- Vem. – chamou ela, e eu a segui.
A mesa estava linda. E tinha de tudo um pouco ali.
                Comemos enquanto conversávamos mais sobre a vida de cada uma. Ela era uma caixinha de surpresas. Contou-me que tinha feito dança quando pequena, mas tinha parado fazia um tempo. Contou que foi seu pai que lhe ensinou a tocar violão...
(...)
- Não acredito que você fez isso. – disse, enquanto chegávamos a sua casa.
- Estava com medo de você me achar louca. – respondeu (seu apelido).
- Você é louca. – disse, e ela me olhou fingindo uma falsa indignação. – Louca por mim.
- Convencida. – disse ela, rindo em seguida. Fiz uma dançinha estranha e ela riu ainda mais.
                Entramos na sala ainda rindo. Estava Dallas, o avô dela, mamãe e Maddie. Dallas me olhou sorrindo maliciosamente. Enquanto os outros tinham um misto de curiosidade e duvida.
- Meu gato. – disse (seu nome), abraçando o avô dela.
- Hm... E essa felicidade toda? – perguntou ele. Ela olhou pra mim e sorriu disfarçadamente.
- Uma boa noite de sono?! – disse, ela, meio que em tom de pergunta.
- Eu quero uma boa noite de sono assim também, (seu apelido). – disse Dallas. Já disse que as vezes tenho vontade de matar minha irmã? A fuzilei com os olhos.
O celular da (seu apelido) tocou e ela saiu pra atender. Vi ela murmurar um: “salva pelo gongo”. Fui até minha mãe e abracei, fiz o mesmo com Maddie, bagunçando o cabelo da mesma. Sentei-me ao lado de Dallas.

(Seu nome) narrando.
                Era Bruno. Contei pra ele que tinha dado tudo certo, é claro que não contei dos detalhes da noite. Dei uma pequena bronca por ele ter “decorado” o quarto. E agradeci pela ajuda. Voltei pra sala e vi Demi ser interrogada por Dallas.
- Cadê o pessoal? – perguntei, enquanto me sentava do lado de Demi.
- Na cozinha. – disse Dallas. – Agora... Contem-me tudo.
- Contar o que? – perguntei, me fazendo de desentendida.
- Vocês duas não me enganam. – disse. – Esse brilho nos olhos das duas, eu conheço esse brilho. Brilho de quem passou uma noite toda fazendo sexo.
Demi tossiu, como se tivesse se engasgado com o ar.
- Virei uma fada e não sabia? – perguntei, me referindo ao “brilho”.
- Sério Demi, não sei como você aguenta ela. – disse Dallas, brincando. – Ela é muito chata.
- Ela é muito gostosa Dallas. – disse Demi, dando de ombros. – E eu estou apaixonada por ela.
Dei língua pra Dallas, e abracei Demi. Fomos interrompidas por Maddie.
- Mamãe mandou perguntar se você já comeu, Demi. – disse Maddie. Demi assentiu, e ela voltou para a cozinha.
- O que vamos fazer hoje? – perguntei.
- Filme. – sugeriu Dallas. Concordei, estava cansada demais pra sair de casa hoje.

NA: Desculpa a demora amores. Eu realmente não sabia como continuar depois daquela parte. E sobre os hots, vocês querem que nem no outro cap. (uma coisa mais explicita) ou apenas insinuações? To pensando em fazer uma maratona também... Oq acham? Comentem. 

20 comentários:

  1. ta perfeito, explicito claro kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada anony, vou colocar mais hot nos próximos capítulos. kkkkkkkkkk :))

      Excluir
  2. hmmmmmmm explicito claro <3 posta mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk ok, amor. A maioria quis explicito mesmo. Vai ser assim. Já postei >< Obrigada

      Excluir
  3. Logico qie explicito, kirida u.u hauehaueh' posta mais *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk vou colocar explicito mesmo, anony. Acabei de postar mais. *-----*

      Excluir
  4. continua
    ahh e podia ter uma briga da sem nome com a mae na frente de todos, ia ser muito legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu to pensando em colocar uma briga da (seu nome) sim, só que com o pai dela kkkkkkkkk mas vou pensar em fazer com a mãe. Obrigada pela ideia Ana. Acabei de postar mais ><

      Excluir
  5. pfto *-----* e maratona super aprovado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada isa. Vou fazer a maratona ainda essa semana, eu acho ljfkrenfkrgr

      Excluir
  6. pfvr não para de postar, seu imagine é perfeito. e sim, com certeza uma coisa mais explícita u-u super aprovo maratona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwn, obrigada. Não vou parar de postar, e alias, já postei um capítulo novo. Vou colocar explicito sim. U_U hdejndefirjnfgrtg

      Excluir
  7. maratona aprovada *-* posta mais u.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou fazer a maratona ainda essa semana, eu acho. (próxima) lejnfnfrf Já postei o próximo ><

      Excluir
  8. Oi, eu sei que eu nunca comentei mas ja tem uns 7 capitulos que eu acompanho a fic e sem duvida esta nas minhas favoritas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oee \õ/ Ai cara, eu amo o seu imagine. Sou tipo uma shipper nari. dkjnwefjrnkf Fico mega feliz que você goste do imagine, sério. To com um sorriso bobo, como se tivesse ganhado na mega sena. Obrigada ><

      Excluir
  9. Já quero o próximo :)

    ResponderExcluir