segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Wish It Were You - Capítulo 2

            Larissa olhou pra mim como se perguntasse se eu queria que ela ficasse. Balancei a cabeça afirmando. Sentamos no sofá, junto com os outros.
- Bom... Essa é a minha melhor amiga Larissa, mas pode chamar de Lari. – disse, apresentando Larissa a todos. Agradeci por ter feito curso de inglês.
- Prazer. – falaram todas as quatro em uníssono.
Larissa apenas sorriu e segurou minha mão. Estávamos geladas.
- Então querida. – começou meu avô. – Dianna é filha da sua avó, do primeiro casamento. Quando ela veio para o Brasil, deixou Dianna lá. Aqui nos conhecemos e tivemos sua vó teve o seu pai. – disse meu avô, parando para que escondesse a raiva que sentia do mesmo. – Fazia um tempo que Dianna queria vim conhecer você e o seu pai, mas ela era brigada com a mãe, e não queria causar mais brigas.
- Mas a minha avó morreu. – disse, sem demonstrar tristeza em minha voz. Não era que eu não gostasse dela, acontece que a minha vó não gostava de ninguém, muito menos de mim.
- Sim. Isso faz dois meses. – completou meu avô, desde que a minha vó tinha morrido ele morava conosco. – Então Dianna resolveu vir visitá-la. Infelizmente seu pai está em uma conferencia na Alemanha.
                Pai? Ele era o meu pai? Porque ele nunca agiu como tal. Nunca esteve presente. Nunca estava aqui quando eu precisei, quando meu coração foi quebrado, nunca conheceu nenhum dos meus namorados, não estava nos meus aniversários... Balancei a cabeça, não queria pensar nele agora.
- Vamos ficar aqui na sua casa por duas semanas. – disse Dianna, sorrindo. – Adoraria conhecer minha sobrinha melhor.
Ta, eu admito. Eu estava em choque. Demi, a mulher, ops, não posso chamá-la de mulher. Ri com os meus pensamentos. Enfim, era a Demi. Ela que tinha salvado minha vida com a sua musica, com o seu jeito de sorrir. Não vou resistir. Eu sou completamente lesbian for Demi. Meu coração estava acelerado, pude sentir todos olhando pra mim. Eu encarava o chão, tentando acalmar essas batidas incontroláveis do meu coração.
Não sabia o que pensar.
- Eu-eu vou adorar conhecer você também. – disse por fim, gaguejando.
Dianna encarou Dallas por alguns segundos, e logo ela entendeu.
- Prazer (seu apelido), meu nome é Dallas. – disse Dallas, levantando-se e me abraçando. Bom, eu não precisava que ela falasse o seu nome, eu sabia de co ele completo.
Uau. O abraço dela era bom. Sim, eu tinha uma queda pela Dallas.
- Posso te chamar de priminha? – perguntei, rindo em seguida.
- Claro que pode. Me chame do que quiser. – disse Dallas. Pera, ela estava dando em cima de mim?
A próxima que me abraçou foi Mad, assim como Dallas ela se apresentou. Depois foi a vez de Dianna. E por ultimo, Demi. Me arrepiei com o seu toque. Aquele abraço era muito bom. Não queria me separar dela. Mas, Larissa me cutucou novamente, me trazendo a realidade.
- Com licença pessoal. – disse Lari, já mais calma. De onde saiu tanta educação? – Vou roubar a minha vadia de vocês um momento.
Larissa me arrastou para o meu quarto.
- Você não vai contar pra ela que é uma lovatic? – perguntou Larissa, quase gritando.
- Claro que não. – respondi. – Você quer que eu diga: “Oi Demi, você é minha prima e eu sou completamente lovatic. Ainda sou lesbian for Demi.”
- Você ia assustá-la. – concordou Lari. – Mas eu posso? Quero um autografo no meu livro.
- Não agora vadia. Por favor. – pedi.
- Você é muito chata. – disse Larissa, me dando língua. – Agora tenho que ir pra casa. Meu namorado lindo vai me buscar.
- Como? Você vai me deixar? – perguntei.
- Você não esta mais sozinha vadia. – disse Lari, simplesmente. – Só não se esquece de esconder suas coisas que você tem aqui da Demi. Elas devem vim aqui no seu quarto.
- Puta que pariu, to ferrada. – exclamei.
Larissa deu um sorriso cínico e me entregou um dos livros que estava na sacola.
- Vou te matar. Eu te odeio vadia. – disse.
- Me odeia como melhor amiga, eu sei... – disse Lari, convencida. – A gente assiste PPP juntas, lembra?
Dei uma risada, mas logo me conti. Minha risada era feia demais.

Demi Lovato narrando.
                Minha mãe desde que me entendo por gente, queria voltar para o Brasil e conhecer seu irmão e sua sobrinha. Eu tinha um tio e uma prima. Ninguém sabia disso, era um segredo de família. Dianna havia se desentendido com sua mãe ainda muito nova. Fora criada pelo seu pai e sua madrasta, que a tratava como mãe.
                E finalmente, depois de anos, estávamos aqui. Sabia pouca coisa sobre (seu nome). E quando cheguei à sua casa ela não estava. Aproveitei para olhar a grande sala da casa. Tinha algumas fotos espalhada pela sala. E a mesma mulher aparecia em todas elas. Devia ser ela. Aquela era a (seu nome). Algumas, quando estava do lado dos pais ela parecia triste. Diferente daquelas que ela aparecia com uma menina loira e um menino da mesma idade, e seu avô. Aquilo era estranho, de certa forma intrigante. Não pude deixar de reparar o quanto ela era linda.
Bom, eu sou bissexual, isso já estava assumido pra toda a família. Eles me apoiavam. Mas em que eu estou pensando? Ela é minha prima. Sai dos meus devaneios quando escutei uma voz. Era ela e ela estava acompanhada da garota das fotos.
Agora ela e a Larissa, esse era o nome da garota das fotos, estavam no quarto. Sabe lá Deus fazendo o que. Durante a “apresentação” notei que elas seguravam uma na mão da outra.
- Não vai. Não. – disse (seu nome), enquanto Larissa andava na frente.
- Demi... – chamou Larissa, envergonhada.
- Oi? – perguntei atentamente.
- Você pode pegar a sua priminha, por favor. Quero ir pra casa. – reclamou Larissa. Apenas dei de ombro e sorri. – Puta que pariu, me deixa ir pra casa. Se não...
Antes que Larissa pudesse continuar (seu nome) a soltou. Fiquei curiosa.
- Chata. – gritou (seu nome), para Larissa, enquanto a mesma saia.
- Primeiro você quase babou na menina, agora não tira o olho dela. Demetria... – disse Dallas. Desviei meu olhar de (seu nome) e encarei Dallas.
- Idiota. – bufei.
- Meninas, eu e Mad vamos dormir no quarto de hospedes e vocês vão dormir no quarto da (seu nome). – disse Dianna, já levando as malas com Mad para um dos quartos.
Eu e Dallas balançamos a cabeça, concordando.

(Seu nome) narrando.
                Como assim elas iam ficar no meu quarto? Não vou resistir. Foco (seu nome). Não vai fazer besteira. Respirei fundo e logo me lembrei dos meus posters. Dei um sorriso e fui para o quarto. Tinha muitos posters da Demi no meu closet, e em algumas partes do quarto.
- Vou sentir saudade de vocês. – disse para os posters, enquanto os tirava da parede. Deixei apenas os do Nick e da Miles.
Guardei os posters da Demi na minha gaveta, peguei os seus cd’s que estavam do lado do computador e coloquei junto dos posters. Por fim, fiz o mesmo com o livro que tinha acabado de comprar.
Assim que terminei de arrumar tudo a porta do meu quarto foi aberta, eram elas. Respirei aliviada por ter dado tempo de esconder tudo.(seu quarto imaginem ele bem grande e espaçoso, com uma entrada para um closet, outra pra um banheiro *grande* e uma saída para a varanda *de frente pra piscina*)
- Pode colocar ali no closet. – disse, apontando pras suas malas.
- Seu quarto é muito lindo (seu nome). – disse Dallas.
- Eu não sabia que você era fã da Miley. – disse Demi, sorrindo. Não vou resistir, não vou. – E dos Jonas... Mas só tem fotos do Nick.

NA: Então mais um capítulo. Só posto o próximo se alguém der sinal de vida. Eu não mordo gente. KKKKKKKKKKK. Tem alguém lendo??


12 comentários:

  1. Respostas
    1. Anony, vou continuar sim. Já já posto o próximo. ><

      Excluir
  2. Respostas
    1. Feliz que tenha gostado amor. Vou postar ainda hoje :))

      Excluir
  3. Yayyy ta mtt bomm porr favorr postaa maiss porr favorr , ameiii ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Aninha, obrigada. Vou postar ainda hoje, prometo.

      Excluir
  4. okay, foi cruel parar cara.
    ansiosa pro próximo ahhh
    continua *-*'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai meu Deus. Você aqui no meu imagine?? Que honra. Eu estou completamente viciada no seu imagine. ><
      kkkkkk vou continuar sim, obrigada

      Excluir
  5. Postaaaa plaese *--* ta perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou postar ainda hoje, prometo. Obrigada anony ><

      Excluir